Melhor história de mineração: Primeira integrante feminina da equipe de resgate de minas de Chirano!

Estamos muito animados pelo retorno de nossa coluna “Melhor história de mineração” ao Kinross World! A coluna é uma oportunidade para que nossos colaboradores compartilhem suas lembranças, experiências e histórias de mineração preferidas.

Para a nova edição desta coluna, é Ellen Adu-Parkoh, controladora de minas subterrâneas de Chirano, quem compartilha a melhor história de mineração, descrevendo como sua experiência nesse setor levou-a a se tornar a primeira integrante do sexo feminino da equipe de resgate de minas de Chirano.

“Comecei minha carreira na mineração trabalhando em um cargo administrativo para uma equipe de mineração subterrânea na África, após concluir meu mestrado em administração de empresas. Achei o trabalho em campo fascinante e quis mudar minha carreira para uma abordagem mais “mão na massa” nessa área. Comecei um curso de certificação em princípios da engenharia de minas e depois entrei na Kinross como controladora de minas subterrâneas em 2014.

O trabalho em campo me ajudou a entender os riscos que podem ocorrer quando se trabalha em condições difíceis. Sempre fui apaixonada por saúde e segurança, e queria encontrar uma maneira de fazer jus a essa paixão.

Ouvi falar da brigada de salvamento em minas, mas sabia que seria difícil entrar na equipe, que não tinha integrantes mulheres. A brigada é composta por 40 integrantes treinados para responder a resgates de emergência e/ou situações de recuperação. O treinamento assegura que só os melhores dentre os melhores façam parte da equipe, e envolve testes rigorosos, exames médicos, trabalhos de curso e simulações em tempo real. Não medi esforços no treinamento para fazer parte da equipe, e consegui ser a primeira resgatadora de minas mulher de Chirano em 2018!

Agradeço muito à Kinross por me dar a oportunidade de alcançar meus objetivos — acredito que quando dão oportunidades iguais a mulheres, conseguimos aproveitar nosso potencial, e eu sabia que tinha as habilidades e a capacidade física para conquistar o cargo. Com minha entrada no grupo, sigo rumo a meu objetivo de carreira, que é me tornar chefe de turnos, outro cargo desafiador para mulheres de se conquistar, mas que é possível com as oportunidades que a Kinross Chirano me deu.

Estou ansiosa para trabalhar com minha equipe no futuro, encorajar jovens mineradoras a fazer parte da equipe de resgate em minas e me diversificar para preencher a lacuna entre cargos tradicionalmente masculinos e femininos.”     

Você tem uma “Melhor história de mineração” que deseja compartilhar na Kinross World? Para ter a chance de ver sua história publicada, basta enviá-la para KinrossWorld@Kinross.com! As histórias podem contemplar desde conquistas operacionais até momentos de inspiração, passando por aventuras de exploração e casos de segurança. Estamos ansiosos para ouvir suas histórias!

Ellen Adu-Parkoh, controladora de minas subterrâneas de Chirano
Ellen (primeira fileira, primeira da esq. p/ dir.) com sua equipe de resgate