Informe trimestral do CEO: Resultados do quarto trimestre e do ano de 2019

Divulgamos hoje os resultados do T4/anuais de 2019, que incluem informações atualizadas sobre nossos projetos de crescimento e atividades de exploração. Seguem destaques do desempenho.

Prioridades mais altas

Nosso compromisso contínuo com os valores fundamentais de Colocar as pessoas em primeiro lugar e Cidadania corporativa exemplar foram demonstrados pelo nosso sólido desempenho no solo em 2019: 

  • Nossas métricas de saúde e segurança estão entre as melhores do setor e refletem a atitude profissional e o compromisso pessoal de todos os funcionários de executar suas tarefas da maneira correta. Em 2019, registramos grandes avanços na implementação de sistemas críticos de gestão de risco projetados para prevenir lesões graves e acidentes fatais.
  • Em meio ambiente, obtivemos vários êxitos na obtenção de licenças ao longo do ano e mantivemos o nosso forte histórico de conformidade.
  • Por meio dos nossos Planos de responsabilidade das unidades e das nossas métricas, continuamos a ser uma das poucas mineradoras com uma visão abrangente da situação das nossas relações com as comunidades, o que resulta em melhores estratégias no solo.
  • Nosso foco nas prioridades mais altas nos ajuda a construir uma reputação positiva, com a conquista de uma série de prêmios e reconhecimentos em 2019:
    • A Kinross classificou-se entre os primeiros 10 lugares na categoria metalurgia e mineração no Sustainability Yearbook 2020, publicado pela S&P Global em colaboração com a RobecoSAM
    • Pelo segundo ano consecutivo, a empresa foi a primeira colocada na lista Transparência ambiental da WWF Rússia.

Desempenho financeiro e em minas

Pelo oitavo ano consecutivo, cumprimos a nossa orientação anual de produção, custos e despesas de capital. Geramos um robusto fluxo de caixa livre em consequência de aumento da produção e redução de custos relativamente a 2018.

  • Destaques operacionais: Produzimos aproximadamente 645.000 onças de ouro no quarto trimestre e aproximadamente 2,5 milhões durante todo o ano de 2019.
  • Desempenho financeiro: O custo de produção das vendas no ano foi de US$ 706 e o custo total por onça produzida situou-se em US$ 983. As despesas de capital foram de US$ 1,105 bilhão.
  • Paracatu, Kupol e Tasiast responderam por mais de 60% da produção total e apresentaram os nossos menores custos.
    • Paracatu atingiu nível recorde anual de produção com aproximadamente 620.000 onças, devido, principalmente, aos benefícios de um programa de otimização de ativos e da iniciativa de melhoria contínua.
    • Tasiast bateu recordes anuais de produção e custos, com um aumento da produção em relação ao ano anterior de aproximadamente 140.000 onças, ou 56%, e redução do custo de vendas de US$ 374 por onça vendida, ou 38%, em um momento em que a mina continuou se beneficiando da Fase 1 de seu projeto de expansão e do forte desempenho do moinho.
    • Kupol incrementou a produção em 8% e foi a nossa mina de menor custo no ano.
  • Em 2019, aumentamos o fluxo de caixa operacional em 55%, para US$ 1,2 bilhão, e o nosso lucro líquido ajustado mais do que triplicou, atingindo US$ 423, devido, principalmente, ao alargamento das margens.
  • No fim do ano, a liquidez total melhorou, chegando a US$ 2 bilhões durante uma fase de crescimento e investimento. O caixa e equivalentes de caixa aumentaram para aproximadamente US$ 575 milhões.
    • Nosso balanço patrimonial e liquidez foram fortalecidos com a venda do nosso portfólio de royalties pelo valor total de aproximadamente US$ 74 milhões e pela venda das ações restantes da Lundin Gold por aproximadamente US$ 113 milhões.
  • Embora tenhamos otimizado e melhorado o capital de giro, não atingimos a nossa meta. Esse continuará sendo um objetivo-chave no próximo ano, assim como a geração de fluxo de caixa consistente em todas as nossas operações, em um momento de reinvestimento em nossa empresa. 

Agregação de valor futuro

No ano passado, redução de custos, alargamento de margens e geração de fluxo de caixa significativo continuaram sendo as prioridades, além do fortalecimento do nosso portfólio e do perfil de produção futuro. Atingimos muitas das realizações estratégicas visadas, incluindo melhorias de custo em Tasiast e Paracatu, progresso nos projetos do Chile, entrega dos nossos projetos em Nevada e avanço no projeto Fort Knox Gilmore.

Também fizemos acréscimos importantes ao nosso conjunto de projetos, substituímos depleções e estendemos a vida de minas:

  • O projeto Tasiast 24k continua avançando bem e se mantém no orçamento e no prazo para o aumento da capacidade de produção para 21.000 t/d até o final de 2021 e para 24.000 t/d até meados de 2023. Além disso, concluímos o projeto de financiamento de US$ 300 milhões para Tasiast, que sublinha a confiança de terceiros em nosso projeto e no clima de investimentos na Mauritânia.
  • Adquirimos o projeto Chulbatkan, de alta qualidade, uma transação em 16 de janeiro de 2020. Temos um programa de perfuração robusto previsto para 2020 para aumentar até o fim do ano a nossa base de recursos indicados, atualmente de 3,9 milhões de onças.
  • No Chile, estamos dando prosseguimento ao projeto Reinício de La Coipa, para mineração do depósito de fase 7. O plano inclui a reforma da usina atual e de outras partes da infraestrutura, além da frota da mina de Maricunga. O projeto tem forte base econômica e agrega ao nosso perfil de produção, além de oferecer a opção de continuarmos estudando oportunidades na área.
  • O pré-estudo de viabilidade em Lobo-Marte segue conforme planejado e deve ser concluído em meados do ano.
  • O projeto Fort Knox Gilmore segue dentro do prazo e do orçamento, com o decapeamento no novo bloco de lixiviação previsto para começar no T4 2020.
  • Em Paracatu, estimativas de acréscimos significativos à reserva mineral e aos recursos mais do que compensam a depleção e melhoram a perspectiva de produção da mina no longo prazo, ao passo que as adições à reserva mineral dos nossos programas de exploração em Kupol em Chirano resultaram em extensões da vida das minas até 2024 e 2022, respectivamente.
  • Também acrescentamos 7,7 milhões de onças de ouro às estimativas de recursos medidos e indicados, um aumento de 28% em relação ao ano anterior. 

Melhoria Contínua e Inovação

Ano após ano, continuo a me impressionar tanto com as ideias quanto com o valor gerado pelos nossos programas de melhoria contínua. Está claro que a melhoria contínua está enraizada no dia a dia das nossas operações, e vimos o impacto positivo de grandes projetos de melhoria contínua verdadeiramente transformadores em Tasiast, Paracatu e Round Mountain em 2019.

Agora iniciando seu terceiro ano, o Fundo de oportunidade de inovação continua nos tornando uma empresa mais segura e eficiente em nível global, com oito projetos financiados em 2019. Incentivo nossas unidades a continuar usando esse fundo para implantar projetos-piloto de novas ideias que podem dar impulso à nossa empresa.   

Para encerrar, quero agradecer a todos por seu esforço e compromisso. Nosso portfólio global teve um forte em produção e custos, com importantes marcos em projetos e exploração. Daqui para frente, vamos continuar maximizando oportunidades para gerar fluxo de caixa ao mesmo tempo em que conquistamos, com segurança e eficiência, as nossas metas operacionais e de projetos.

Paul

J. Paul Rollinson
Presidente e CEO

Kinross Gold Corporation