Otimização de minas: exemplo de colaboração entre Fort Knox e o Grupo de Otimização dos Negócios

Nossa mina de Fort Knox, no Alaska, é a mais recente operação da Kinross a agregar valor com melhoria contínua. O aumento de 7% nas cargas úteis em caminhões de reboque resultou em uma impressionante redução de 23% nos tempos de troca de turno só no primeiro trimestre.

As melhorias foram obtidas por meio de uma forte colaboração com o grupo de Otimização de Negócios da Kinross. No terceiro trimestre do ano passado, Victor Scheibehenne, Diretor de Programas Estratégicos Globais e de Melhoria de Operações, e sua equipe visitaram Fort Knox e estudaram os processos de detonação, carga e reboque da mina. Trabalhando com o gerente geral da mina, Eric Hill, e seu Gerente de Operações, Mark Fullenwider, eles se concentraram em áreas passíveis de melhoria. Entre elas, estavam a carga útil dos caminhões, que não estavam operando a plena capacidade, e a utilização de equipamentos.

“Estamos observando melhorias em diversas frentes, porque quem está propondo soluções são especialistas locais, incluindo membros da equipe e operadores. Como estamos obtendo sucesso logo de início, isso servirá de impulso para atingirmos todas as nossas metas para 2015. A equipe analisa o mural de principais indicadores de desempenho (KPIs) diariamente, para verificar seu progresso e contribuir para o sucesso de nossas operações”, diz Fullenwider.

Com o apoio do Gerente da Mina, Clint Nebeker, o Superintendente da Mina, Craig Natrop, a Gerente de Melhoria Contínua, Julie Higbee, e o Gerente de Projetos, Brandon Holm, o grupo apresentou uma série de mudanças básicas:

  • melhor alinhamento entre os departamentos de mineração e planejamento da mina, para que as equipes de operações participem mais da definição do plano para a mina
  • intensificação das iniciativas de treinamento para operadores
  • aumentar a transparência, de modo que todos os funcionários possam ver seu desempenho e compará-los com os dos colegas.

A implementação dessas mudanças começou em janeiro. As paredes da sala da fila, na qual os funcionários aguardam no início do turno para transporte até seus lugares na fila na mina, se encheram de KPIs mostrando os principais índices de cada turno: quantas toneladas foram transportadas, quantos caminhões estavam disponíveis e a rapidez com que ocorreu a troca de turno.

A equipe de Fort Knox está sempre em contato com Victor e o grupo de Otimização de Negócios para mantê-los atualizados sobre o desempenho e para discutir modificações futuras.

“Trabalhar com a equipe de Fort Knox em áreas diversas foi uma ótima experiência”, diz Victor Scheibehenne. “Nosso objetivo futuro é formalizar esse processo no contexto da caixa de ferramentas de melhoria contínua.” “Embora cada mina seja única, a análise e as melhores práticas de uma unidade podem ser aplicadas a outras. Gostaríamos de implantar uma forma de otimização de minas em todas as unidades.”

Aumento da carga útil

Troca de turno nos pontos de fila

O Gerente de Operações, Mark Fullenwider; o Gerente da Mina, Clint Nebeker; e o Superintendente da Mina, Craig Natrop, participam da nova reunião diária sobre produção

O novo mural de KPIs, com principais indicadores de desempenho atualizados diariamente

Kinross realiza consultas a comunidades para o desenvolvimento de projetos no Alasca, Chile e Rússia
Julho 12, 2021

Kinross realiza consultas a comunidades para o desenvolvimento de projetos no Alasca, Chile e Rússia

Kinross Tasiast recebe ministro de Minas
Julho 5, 2021

Kinross Tasiast recebe ministro de Minas

Veja como a Kinross Bald Mountain e Round Mountain estão compartilhando melhores práticas de CI
Junho 21, 2021

Veja como a Kinross Bald Mountain e Round Mountain estão compartilhando melhores práticas de CI