Patos polares caem do céu e buscam refúgio em Kupol

Como publicado no Kupol Times, nossa publicação interna em Kupol:

Imagine que você está ao ar livre, trabalhando no turno da noite, sob a neve. De repente, você ouve um barulho de asas e sente que algo toca suas costas. Você gira e vê um pato exausto, tremendo na neve a seus pés. Você olha para cima – no meio da escuridão – e vê centenas de patos caírem do céu, batendo na sua cabeça e na terra ao redor.

Pode parece inacreditável, mas foi o que ocorreu em Kupol na noite de 26 de outubro.

As aves era patos de cauda longa ou “sauk”, um pato muito comum nos pólos. Eles vivem no mar aberto e normalmente só vêm à tundra para construir seus ninhos. É difícil estimar quantos eram, mas era um grupo enorme, que cobri centenas de metros quadrados. Eles interromperam o tráfego do portal da mina por um tempo.

Nosso pessoal de Kupol suspeita que, durante a migração, o bando encontrou ventos muito fortes. Atraídos pelas luzes da mina, eles aterrissaram para descansar e se recuperar. Depois de alguns dias, eles continuaram sua jornada.

  

Patos polares se amontoam em busca de calor, em Kupol. Crédito da foto: Timur Akhmetov (subgerente ambiental, Kupol)