Vídeo: O impacto econômico e social da Kinross Paracatu na comunidade

O impacto econômico e social da Kinross Paracatu na comunidade foram destacados pela organização não governamental Time For Global Action, que atua em parceria com o Programa da Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Clique aqui para ver o vídeo sobre como a unidade de Paracatu apoia a geração de empregos no município e ajuda no desenvolvimento de habilidades sociais e econômicas visando ao sucesso contínuo da cidade, mesmo depois que a mina encerrar atividades. O vídeo foi transmitido globalmente pelo canal de TV Bloomberg.

“Seja oferecendo treinamento profissional e para o desenvolvimento de habilidades, seja cuidando das condições ambientais da cidade, a Kinross age como um cidadão de Paracatu, trabalhando por mudanças positivas na comunidade”, afirmou o PNUD.

A unidade se transformou em parte integrante da cidade em seu entorno. Ajudou a tornar membros da comunidade mais autônomos, treinando funcionários e ex-funcionários para que eles pudessem se transformar em fornecedores, de modo que, quando a Kinross deixar o local, as pessoas tenham novas habilidades e oportunidades de trabalho. A unidade também atua em conjunto com a comunidade para proporcionar treinamento em áreas como panificação e estética, para garantir que o município continue a prosperar após o encerramento das atividades de mineração.

“A Kinross não ficará aqui para sempre, mas queremos construir um legado para a população de Paracatu”, disse Ana Maria Ferreira CunhaGerente de Comunicação e Relações Comunitárias, Paracatu.

Um dos projetos desenvolvidos para fortalecer a economia de Paracatu é o programa Integrar, voltado para geração de empregos e educação para a comunidade. O Integrar contribui para a economia tanto do ponto de vista ambiental quanto do financeiro. O programa se concentra em formação educacional, ambiental e cultural, além de iniciativas de geração de empregos em Paracatu.

Como a mina se localiza perto da cidade, a unidade da Kinross aborda as relações comunitárias proativamente.

“Levamos em consideração as necessidades da comunidade ao tomar decisões”, afirmou Gilberto Azevedo, Vice-presidente e Gerente Geral, Paracatu. “Por exemplo, ao realizar operações de mineração que possam causar inconvenientes para os cidadãos, os encarregados da operação têm liberdade para interromper o processo e resolver eventuais problemas.”

A Kinross ajudou a melhorar a qualidade de vida em Paracatu. Antes das iniciativas da empresa, o índice composto de desenvolvimento humano (ICDH) de Paracatu situava-se abaixo do de outros municípios de Minas Gerais. Hoje, está acima.

“A cidade cresceu e prosperou depois da chegada da Kinross”, comentou Arilson Carvalho, Prestador de Serviços de Manutenção, Paracatu.

A Kinross também criou um plano ambiental de longo prazo que prevê a separação de grandes áreas para conservação e a recuperação de rios e riachos que estão deteriorando a qualidade da água em Paracatu.

“Por meio de parcerias, a Kinross garante que os benefícios da mineração excedam a vida útil da própria mina, de modo que o setor exerça impacto positivo sobre a natureza local, a mudança climática e o capital social”, afirmou o PNUD.

An Intregrar event in a local school

A baking class supported by Kinross Paracatu