Kinross adquire participação de 70% no projeto Peak Gold, no Alasca

A Kinross anunciou hoje a aquisição de 70% de participação no projeto de alta qualidade Peak Gold, no Alasca, da Royal Gold, Inc. e da Contango ORE, Inc., pelo valor total de US$ 93 milhões. A Kinross terá ampla autoridade para construir e operar o Peak Gold, sendo que a Contango reterá uma participação minoritária não operacional de 30%. 

“O projeto Peak Gold, de grau relativamente alto e baixo custo, é um excelente acréscimo ao nosso portfólio, pois nos permite utilizar o moinho e a infraestrutura já existentes em Fort Knox, além de fortalecer a nossa produção e o nosso perfil de fluxo de caixa em médio prazo”, disse J. Paul Rollinson, Presidente e CEO. “No atual ambiente de cotação do ouro, o projeto Peak Gold é atraente e apresenta margem alta, o que deve gerar retornos robustos”, afirmou ele. “O projeto também deve somar ao nosso sólido histórico de contribuições socioeconômicas às comunidades que nos recebem no Alasca, uma das principais regiões de mineração do mundo.”

O projeto localiza-se aproximadamente 400 quilômetros a sudeste da nossa mina de Fort Knox e é um “adendo” prudente à nossa operação no Alasca. A Kinross pretende processar o minério de Peak Gold em Fort Knox, utilizando o moinho e a infraestrutura já existentes em benefício do projeto e da mina.  A combinação do minério de grau mais alto do projeto Peak Gold com o minério de Fort Knox deve reduzir os custos totais de Fort Knox, aumentar significativamente o fluxo de caixa e ampliar a operação do moinho.

O projeto deve beneficiar as comunidades locais, particularmente a vila atabasca de Tetlin, no Alto Tanana, contribuir para a economia estadual e oferecer mais oportunidades de emprego na área.

A Kinross manteve reuniões produtivas com líderes da Vila de Tetlin, que manifestaram seu apoio ao plano de desenvolvimento do projeto. A Kinross também pretende renomear o projeto, consultando, para isso, a Vila de Tetlin, e espera uma parceria produtiva e mutuamente benéfica com a comunidade.

“Ansiamos pelo desenvolvimento seguro e responsável do projeto e pelos benefícios que ele deve gerar para a comunidade”, disse o chefe da Vila de Tetlin, Michael Sam. “Também pretendemos continuar construindo um relacionamento com a Kinross, uma empresa com sólido histórico no Alasca, e estamos muito satisfeitos por constatar que há mais planos de investimento no projeto.”

Para saber mais sobre a aquisição, consulte o comunicado à imprensa aqui e assista à apresentação aqui.

Vista aérea de Peak Gold
O chefe da Vila de Tetlin, Michael Sam, com Jeremy Brans, Vice-presidente e Gerente Geral, Fort Knox
O chefe da Vila de Tetlin, Michael Sam, com Jeremy Brans, Vice-presidente e Gerente Geral, Fort Knox